Separação de ar

A composição primária do ar atmosférico seco é ~78% de nitrogênio e ~21% de oxigênio, sendo que o restante ~1% é constituído por argônio, dióxido de carbono e vestígios de outros gases. Estes gases podem ser separados em um processo de separação de ar no qual o ar é condensado, arrefecido e separado por peso molecular em uma "caixa fria". Uma vez separados, os gases são novamente comprimidos para armazenamento, transporte ou processamento posterior.

Os compressores TURBO-AIR e MSG apresentam um longo histórico de desempenho confiável em aplicações de separação de ar. A Ingersoll Rand possui tecnologia e recursos para fornecer o compressor de ar principal (MAC), o compressor de ar booster (BAC), o compressor de gás nitrogênio (GAN), o compressor de nitrogênio reciclado (NRC) e, em alguns casos, compressores de argônio.

Além disso, nossa capacidade de projetar múltiplas combinações de processos, como MAC/BAC e MAC/ GAN, proporciona economia e ocupa menos espaço ao combinar essencialmente duas máquinas em apenas uma caixa de engrenagens. Muitas vezes, projetamos e fabricamos um conjunto de processo duplo para executar os processos de alimentação e reciclagem de N2.

Também podemos preparar nosso compressor com equipamentos auxiliares, como sistemas de filtração de entrada e pós-resfriadores. Com a nossa extensa linha de compressores e experiência em separação de ar, a Ingersoll Rand pode oferecer soluções abrangentes de separação de ar.

PROCESSOS DE SEPARAÇÃO DE AR

Os compressores MSG LMAC são otimizados para aplicações em unidades de separação de ar (ASU) como o compressor de ar principal (MAC).